n w    w w w w

baner
Voce esta aqui:   Home Educação & Sociedade
large small default
Educação & Sociedade
Repensar os direitos da Criança PDF Imprimir E-mail
O “Dia da Criança” é, normalmente, muito comemorado e também bastante lembrado para que as pessoas reflitam sobre as crianças abandonadas, carentes, órfãs etc. Entretanto, desta vez, quero refletir sobre o 7º princípio da Declaração dos Direitos da Criança:
“7º Princípio – A criança tem direito à educação, para desenvolver as suas aptidões, sua capacidade para emitir juízo, seus sentimentos, e seu senso de responsabilidade moral e social...”
Sendo assim, quero falar um pouco sobre as crianças saudáveis, com moradia, família e todas as necessidades básicas garantidas.
Leia mais...
 
Quando consultar um Especialista? PDF Imprimir E-mail
Em minha prática educativa tenho tido a oportunidade de estar em contato com muitos pais de alunos e, assim, tenho analisado bastante a problemática da educação dos filhos.   Assim, decidi conversar um pouco com papais e mamães, compartilhando algumas considerações a respeito.
É bastante difícil aos pais saberem exatamente o que, como ou quando agir desta ou daquela maneira e há algumas hipóteses bastante comuns: a culpa por trabalharem fora – especialmente as mães; conseqüente necessidade de recorrerem às babás que normalmente mimam a criança e não educam; desejo de dar ao filho aquilo que não tiveram – tanto no sentido material quanto emocional; acesso desmedido das crianças aos bens de consumo e tecnologia – filmes e programas na TV, vídeo-game, computador; pais que são produto de uma educação castradora e que agora foram para o outro extremo, tornando-se permissivos demais; entre muitas outras.
Leia mais...
 
Planejando a Educação dos Filhos PDF Imprimir E-mail

O sucesso na carreira universitária e profissional começa muito antes do que se imagina!  Pode começar, por exemplo, na escola de educação infantil, ou antes até, ainda no berço!  É uma questão de opção dos pais, ao planejarem o nascimento do bebê, aquele ser humano pelo qual somos os responsáveis diretos!

Estou falando de uma educação que hoje em dia conhecemos e temos à mão quando quisermos – coisa que não havia sequer sido discutida no “nosso tempo”, apesar de muito usada...  Falo em brinquedos pedagógicos, em jogos e livros infantis, falo em organização, disciplina, respeito e interação social.  Falo ainda em educar nossos pequenos para uma vida independente – com autonomia mesmo!  Moral e Intelectual (Jean Piaget, em “O Juízo Moral na Criança”)  Entram aqui, também, responsabilidade, ética e compromisso social.

Leia mais...
 
A diferença entre Saber e Pensar... PDF Imprimir E-mail
Autonomia = pensar e agir por si próprio; ser independente. Segundo Constance Kamii, em “A Criança e o Número”, significa ser governado por si próprio, ao contrário de Heteronomia, que significa ser governado por outra pessoa. Inicio este artigo levando o leitor a refletir comigo a respeito dessa diferença básica existente entre a educação que leva à heteronomia e a que leva à autonomia da criança e, posteriormente, do adulto.
A educação heterônoma é aquela que trabalha pela memorização de conteúdos, sem muita preocupação com o desenvolvimento do raciocínio lógico e pensamento científico do aluno. No que se refere ao comportamento social, dita regras a serem seguidas cegamente, sem também haver preocupação com a compreensão e adequação social.
Leia mais...
 
Professor: de “Informador” para “Motivador” PDF Imprimir E-mail
Escrito por Dilermando Piva Jr   
Vocês já devem ter notado como, de uma forma genérica, os alunos estão mais “indisciplinados”.  Conversam o tempo todo, “desrespeitam” a autoridade do professor em sala de aula, questionam o ensino  - conteúdos e processo -, enfim, fogem daquele “padrão” de comportamento de alguns anos atrás.
Será que o problema está nos alunos ou no processo de ensino?
Observem que antes mesmo da criança chegar a escola, ela já passou por processos importantes de educação: pela familiar e pelas mídias eletrônicas.
No ambiente familiar, a criança desenvolve suas conexões cerebrais, roteiros mentais , emocionais e suas linguagens (observe que a fala não é a única linguagem desenvolvida). Basicamente, a criança aprende pela imitação dos comportamentos e atitudes dos pais, demais familiares e amigos.
Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL