n w    w w w w

baner
Voce esta aqui:   Home Category Table O que é 6 Sigma?
large small default
O que é 6 Sigma? PDF Imprimir E-mail
Escrito por Dilermando Piva Jr   

Num mercado globalizado e cada vez mais competitivo, as organizações estão reformulando suas estratégias para sustentar o seu negócio. Qualidade total, reengenharia de processos, eliminação de fronteiras, alianças estratégicas, planejamento por cenários são alternativas encontradas pela maioria das organizações como forma de reação a estas pressões externas. Entretanto, apesar de muitas dessas iniciativas terem alcançado efeitos positivos, segundo o professor Roberto Rotondaro, “nenhuma delas tem apresentado o potencial do Seis Sigma” (ROTONDARO, 2003, p. 20).

Sigma (a 18ª. letra do alfabeto grego: ? ) é uma medida de variação utilizada em estatística. Esta medida, aplicada a um processo empresarial, diz respeito à freqüência com que determinada operação ou transação utiliza mais do que os recursos mínimos necessários para satisfazer o cliente. A maioria das empresas está no nível “4-sigma”, o que significa mais de 6 mil defeitos por 1 milhão de oportunidades. Isto significa um custo em torno de 15% a 20% de seu faturamento, conforme Tabela 1. Uma empresa que está no nível “6-sigma” registra apenas três defeitos em um milhão.  Segundo Campos (1999), “o conceito seis sigma é uma nova forma para medir o quanto um produto é bom. Quando um produto tem seis sigma isto nos diz que sua qualidade é excelente, significando que a probabilidade de produzir defeitos é extremamente baixa” (CAMPOS, 1999, p. 74).

Tabela 1: A Escalada da Qualidade
A Escalada da Qualidade ?
O que é e o que representa em termos de Custo cada etapa do sistema Seis Sigma

Nível Sigma    Defeitos por milhão    Custo da não qualidade
6 Sigma         3,4                           Menos de 10% das vendas
5 Sigma         233                          10%-15% das vendas
4 Sigma         6 210                       15%-20% das  vendas
3 Sigma         66 807                      20%-30% das vendas
2 Sigma         308 537                    30%-40% das vendas
1 Sigma         690 000                    -
Fonte: Revista EXAME

Assim, estar no nível Seis Sigma se traduz para a organização em vantagem de custo e, os recursos que “sobram”, podem ser redirecionados dentro da estrutura organizacional para diferenciação competitiva. Dessa forma, a meta dessa ferramenta não é apenas alcançar melhores níveis de qualidade, ela está relacionada também à melhoria da lucratividade. Segundo Cristina Werkema (2004), no Brasil, o resultado das organizações que estão adotando o programa Seis Sigma “tem superado o indicador `15 reais de ganho por real investido`  e há vários projetos cujo retorno é da ordem de 5 à 10 milhões de reais anuais” (WERKEMA, 2004, p. 83).

Referências:
CAMPOS, Marco Siqueira. Em Busca do Padrão Seis Sigma. Revista EXAME,  ed. 689, ano 32, n. 11, 2 de junho, 1999.
ROTONDARO, Roberto. Seis Sigma. In GREEN, Robert. Software de Seis Sigma: as escolhas são muitas, as considerações cruciais. Revista Banas Qualidade, ano xii, n. 129, fev., 2003, p.18-20.
WERKEMA, Cristina. Implementando o Seis Sigma. Revista Falando de Qualidadade, ano xiii, n. 142, mar., 2004, p. 83-85.